Sunday, September 13, 2009

Congresso Nacional outra vez

um grupo muito sério
de pessoas muito sérias
com assuntos muito sérios
para perder tempo com você:
têm pressa, têm medo,
comem cru, comem azedo,
não sabem, nem querem saber
e nunca se encontram no momento.

3 comments:

Anonymous said...

E será que esolheríamos os ditos, como os dedicados e responsáveis sábios para nos representar de facto?

Enfim, acho que se a política fosse panaceia, não existiriam placebos...

Bem-haja pelos seus pensamentos, gosto muito do seu humor iconoclasta.

Teresa

Paulodaluzmoreira said...

Fundi dois poemas que falavam mais ou menos sobre a mesma coisa, aumentando um pouco a entrada do "glossário". Às vezes acho que a política será sempre assim, frustrante, mas acho que é uma questão de falta de imaginação da minha parte...

Anonymous said...

Permita-me discordar, a sua imaginação é fértil e a visão também é original, a questão é que os busílis por essência são viciosamente recorrentes. São pandémicos e mutantes, por aí ou noutras paragens do mundo.

Não é a política que é frustrante, acho, mas sim os homens, esses, nem sempre de boa fé.

Teresa