Tuesday, November 30, 2010

Homenagem ao Ribeirão Arrudas


O Tietê é mais sujo que o ribeirão que corre minha aldeia,

Mas o Tietê não é mais sujo que o ribeirão que corre minha aldeia

Porque não corre minha aldeia.



3 comments:

sabina anzuategui said...

O Tietê nem corre mais.

Paulodaluzmoreira said...

O Arrudas foi tampado no centro de Belo Horizonte, mas tenho vívida a memória de enchentes bíblicas no centro nessa época do ano. De qualquer maneira me impressionava aquele ribeirãozinho safado virar uma fera ameaçadora com as chuvas do fim de ano.

Anonymous said...

necessita di verificare:)