Monday, October 29, 2007

Argentina e Brasil, violência e justiça

O padre Christian Von Wernich foi condenado à prisão perpétua na Argentina por seus crimes durante a ditadura militar. Von Wernich esteve envolvido em sete assassinatos, 31 casos de tortura e 42 seqüestros.
Ninguém discute a escala muito maior da violência da ditadura argentina: em apenas 7 anos foram, nas mais conservadoras estimativas, 9.000 mortos.
Quem mata e tortura mais é pior, mas quem mata e tortura menos não é melhor por causa disso. Até quando as violências da ditadura militar brasileira vão ser varridas para debaixo do tapete? Execução sumária não é morte em tiroteio e tortura é tortura em quaquer lugar, inclusive nos Estados Unidos. Uma sociedade julga por dois motivos. Olhando para trás, a justiça julga e pune para compensar prejudicados e castigar os responsáveis por esses prejuízos; olhando para o futuro, a justiça julga e pune para evitar na medida do possível que os erros continuem ou se repitam. Mas uma sociedade também é julgada pelas gerações seguintes, por sua covardia, por sua hipocrisia, por sua omissão.

No comments: