Friday, July 15, 2011

Poesia Minha - Browning e o Mundo

BROWNING E O MUNDO

A tap at the pane, the quick sharp scratch

And blue spurt of a lighted match,

And a voice less loud, thro' its joys and fears,

Than the two hearts beating each to each!

ELE fez da gente

essa carne salgada,

essa bolha inflada,

a massa socada

que gruda e engarrafa ao chão

a alma amarga,

esse bafo ínfimo,

vertigem de cinza e de nada.

Mas também traçou

com engenho e arte

nessa mesma massa

os picos e rachas

por onde escapa

esse fino vapor engenhoso,

esse fogo esbelto,

essa música delgada,

essa coluna de silêncio puro,

esse doce rio

quente, assombroso

que se levanta do leito

e flui pelos ares.

Corpo, alma e orgasmo:

eis o Seu artesanato.

Formigueiro que cresce na caixa

de ferro soldada

até não caber.

4 comments:

sabina said...

Que bonito.
Quem é Browning?

- - -

A propósito de sua pergunta no meu blog, estou em SP agora até o fim do ano.

Passei uns dias com minha família em Curitiba no início do mês, mas já voltei. =)

Paulodaluzmoreira said...

É Robert Browning, poeta inglês do século XIX. Ele ficou conhecido por poemas que eram monólogos dramáticos - acho que eu pus "My Last
Duchess" aqui no blogue faz tempo. Mas também tem uma série de poemas eróticos interessantes. Algumas frases e expressões do meu poema são tradução mais ou menos livres de expressões usadas em poemas dele.
Que pena, de qualquer maneira, finalmente vou conhecer Curitiba! Vc me recomenda algum lugar em especial?

sabina anzuategui said...

Ah, minha relação com Curitiba é tensa... hehe.

O que NÃO recomendo (micos de turista): bairro Santa Felicidade, ópera de arame, jardim botânico. Esses dois últimos foram feitos há uns 10 ou 15 anos, acho artificial (até são bonitos, mas não me convencem). E Santa Felicidade é uma espécie de avenida cheia de restaurantes de baixa qualidade.

O que eu gosto:
PARQUES
- Parque São Lourenço
- Parque do Barigui
- Passeio Público.
(os dois primeiros são antigos, parques normais onde as pessoas fazem exercícios; gosto da geografia deles)

CENTRO
- Praça Tiradentes
- Boca do Lixo (na rua das Flores, perto da Praça Osório)
- Largo da Ordem até Praça do Relógio (prefiro em dias vazios; no domingo é lotado pela feira de artesanado, que não curto mas tem gente que gosta)

MUSEUS
- Museu do Olho (Oscar Niemeyer) - O parque ali perto também é bonito, conhecido como "parque do papa" (João Paulo II). Vale a pena caminhar pelo bosque até encontrar a estátua MAIS HORROROSA que se poderia fazer do falecido pontífice.

PASSEIOS
Tem um ônibus turístico que sai do centro (Praça Tirandentes), e passa em vários locais turísticos, você pode descer, visitar, e pegar o proximo onibus com a mesma tarifa. Se tiver um dia bonito, vale a pena.

- - -

Bom passeio!

Paulodaluzmoreira said...

Nada como conhecer alguém do lugar para onde a gente vai! Obrigado, Sabina. Vou usar seu mini-guia semana que vem.