Monday, March 19, 2012

Recordar é viver: O jornal da Ditadura

“Ressurge a Democracia”

"Vive a Nação dias gloriosos. Porque souberam unir-se todos os patriotas, independentemente de vinculações políticas, simpatias ou opinião sobre problemas isolados, para salvar o que é essencial: a democracia, a lei e a ordem. Graças à decisão e ao heroísmo das Forças Armadas, que obedientes a seus chefes demonstraram a falta de visão dos que tentavam destruir a hierarquia e a disciplina, o Brasil livrou-se do Governo irresponsável, que insistia em arrastá-lo para rumos contrários à sua vocação e tradições. Como dizíamos, no editorial de anteontem, a legalidade não poderia ser a garantia da subversão, a escora dos agitadores, o anteparo da desordem. Em nome da legalidade, não seria legítimo admitir o assassínio das instituições, como se vinha fazendo, diante da Nação horrorizada."

Editorial de O Globo, 2 de abril de 1964

4 comments:

sabina anzuategui said...

Vive a nação dias gloriosos...

Paulodaluzmoreira said...

Pois é, foram vinte anos de "dias gloriosos"...

Daniel said...

dias tão gloriosos que, hoje em dia, passam despercebidos na grande mídia (talvez por vergonha...)

Paulodaluzmoreira said...

A glória de hoje é a vergonha de amanhã...