Thursday, June 27, 2013

Poesia Minha: Sonata [última parte]


III
São pessoas muito sérias,
            não se encontram no momento
            mas retornam assim que puder.
A janela está fechada;
            ruge o trânsito lá fora.
            Paciência, meu amigo:
            não chegou a sua hora.
Você precisa ter fé,
            quem alcança sempre espera
            se não morre no caminho:
esse mesmo verme que te come
            rói também aos poucos
            a medula muito séria
            dessa gente muito séria.

No comments: