Tuesday, October 06, 2015

Da série "Lista de coisas que me recuso a compartilhar com os outros" ou "Marte, lá vou eu":

Um apanhado de apenas SETE dias:
 
Revortados Online  
1. Lutador de sei-lá-o-quê com problemas cognitivos se revolta contra Dilma na frente de uma obra inacabada do governo estadual de Goiás, que é do PSDB. 
 
2. Malucos espalhando panfletos e falando grosserias no enterro de um ex-presidente da Petrobrás dizendo que Petista bom é petista morto. 
 
3. Qualquer coisa exaltando que 50% da população concorda com a frase "Bandido bom é bandido morto" e qualquer pessoa usando qualquer variação dessa infâmia para comentar sobre bombardeios na Síria ou no Afganistão.
 
4. Colunista acusando político de usar as últimas palavras do filho que morreu de câncer para lançar campanha. 
 
5. Gente dizendo que Obama está politizando o enésimo massacre estadounidense para tirar as armas do povo e que não adianta fazer nada porque "stuff happens". 
 
6. Chefe de Gabinete inglês dizendo que os imigrantes destroem a coesão da sua nação e roubam empregos. 
 
Ednardo Pulha
7. Político acusando o governo suiço de ser bolivariano por revelar contas de Ednardo Pulha em complô petista. 
 
8. Gente jogando carro em cima de bicicletas comunistas em São Paulo. 
 
9. Saconauro relinchando na frente de um Stephen Fry horrorizado [esse eu não dei conta de chegar até o fim com medo de ver o Saconauro dar uma bifa no pobre Fry]. 
 
10. Gente criticando o governo porque o Brasil por não fazer parte de um acordo comercial entre países do Pacífico. 
 
Donaldo Trompa
11. Qualquer trapo verbal articulado pelo Donaldo Trompa de Cabelo Doido. 
 
Onze coisas que cruzaram meu caminho virtual em uma semana. Muita gente compartilha essas coisas acompanhadas de comentários esculhambando o que está acontecendo. Eu às vezes clico um "curtir" mas me recuso a compartilhar. Porque as ideias de gente como Saconauro, Trompa, Pulha, Infeliciano, Si las Mal-sem-saia e companhia são assim divulgadas e passam assim a dominar as conversas. Uma das melhores professoras que eu tive me disse: busque interlocutores críticos que valham a pena, não perca tempo refutando gente que você acha que tem uma opinião que não tem a menor validade, porque do contrário você acaba nivelando o seu discurso por baixo.

1 comment:

sabina anzuategui said...

Concordo totalmente. Incompartilháveis.