Wednesday, June 22, 2016

Poesia Minha: Everything Must Go!


My Secret World de Martin Wong

Everything Must Go!

Ao pintor Martin Wong [1946-1999] que, lendo nas vitrines anúncios de liquidações
 ["Everything Must Go!"] na véspera da sua primeira exposição individual,
jogou fora ou entregou a desconhecidos seus quadros tudo o que era seu
e foi encontrado semanas depois ensinando pintura no hospital.  

a casa as plantas
no jardim lá fora
cá dentro nos quartos
baús malas bolsas
móveis armários e roupas
chinelos sapatos
talheres e pratos
utensílios mantimentos
aparelhos e aparatos
espelhos escovas tesouras quadros

tudo no olho da rua
na boca de lobo
na fossa no fogo
no lixo no mar
tudo, tudo tem que ir
embora agora já

gavetas arquivos pastas
caixas e dentro livros retratos
títulos diplomas certificados 
nascimentos casamentos divórcios
óbitos bons e maus antecedentes
sinistros multas apólices de seguro
carteiras de identidade
trabalho reservista eleitor
motorista estudante cartões
de crédito e débito saldos contas

tudo no olho da rua
na boca de lobo
na fossa no fogo
no lixo no mar
tudo, tudo tem que ir
embora agora já

descendentes e antepassados
pais filhos parentes
amigos colegas
memórias e esquecimentos
passado futuro presente marcas
de chuva sol sal vento neve e gelo
lágrimas suor saliva esperma e sangue
pelos unhas dentes
pele carne nervo osso
casca polpa e semente

tudo no olho da rua
na boca de lobo
na fossa no fogo
no lixo no mar
tudo, tudo tem que ir
embora agora já

No comments: