Saturday, February 27, 2010

Recordar é viver: aconteceu ontem em Santos



Deu na FSP ontem:
Numa sala de cerca de 18 m2, trancada com cadeado, no segundo andar do Palácio da Polícia em Santos atrás de dois elevadores, duas estantes de madeira guardam cerca de 600 pastas e caixas, que abrigam entre dez e 15 dossiês cada uma. O arquivo do Deops-SP (Departamento Estadual de Ordem Política e Social) dormia ali, infestado por cupins, traças e poeira. O delegado da polícia civil em Santos Waldomiro Bueno Filho, responsável pelo arquivo, é acusado de ser um dos torturadores de Vladimir Herzog.

No comments: