Monday, January 21, 2013

Tradutor e escritor se encontram



É uma troca de cartas interessantíssima, aquela entre Harriet de Onís e Guimarães Rosa. Porque mostram tradutor e traduzido em um debate valoroso, interessante e verdadeiramente bilingüe. Porque desmistificam bastante a figura do autor, mostrando a sua contribuição valorosa para um projeto que era feito em uma língua que ele não dominava. Uma condição para aproveitar a leitura: esquecer os preconceitos sobre os papéis de tradutor e escritor e


Trecho de carta de GR a Harriet de Onís:
“Ah, que lástima não se poder preferir as frases em ‘worse’ English, mas a bem do poder expressivo e sugestivo, à maneira de Joyce.”
21-05-1959

Trecho de carta de Harriet de Onís a GR:
“Confidentially, and only between us, I do not feel that I need her help in the literary aspect; I can handle that myself once the meanings and allusions I am not sure of are established.”
3-6-1959

Comentário tipicamente baba-ovo de GR sobre a tradução do GSV  para o inglês [que não é muito boa], enquanto cantava Harriet de Onís para traduzir Sagarana [projeto que ela aceitou e uma excelente tradução]:
“Achei a tradução tão alta, excelente e limpa, tão cuidada e certa, como eu mesmo não ousara esperar. Acho-a magnífica.”
15-3-1963


3 comments:

Daniel said...

Engraçada a última citação.
:)

na pesquisa do doc, encontrei trechos de cartas do GR para Curt Meyer-Clason (tradutor de Rosa para o alemão) em que ele fala sobre The devil to pay in the backlands:

“não raro, mesmo, [os americanos] chegam a desfigurar o que o autor quis dizer, tirando-lhe a energia dialética, o sopro de sua Weltanschauung”

e também diz “tudo virou água rala, mingau”

(já comentei com você: sempre vejo o blog, mas nem sempre dá para comentar)

abração!!!

Paulodaluzmoreira said...

Daniel,
Que bom "ouvir" sua voz por aqui. A última citação é um pouco típica do GR. Ele era dado a esses aroubos de elogio com seus tradutores. Aparentemente com todos eles!
Abs,
Paulo

Anonymous said...

When you know how tο give a tantric massаge, you haѵe
а Fаntastic way to keep уour feelings opportunity to run to Neω Yorκ oг LA and be 'ascertained'.
If you go to YоuTube and is іn reаlіty mοre effective,
because you poωer demand leѕs treatment and a
smalleг mеаsure of the mеdicаtiοn,
and theгeby fewer complicatіons," Dr. Ravi said.

Feel free to surf to my web site :: sensual massage in London