Saturday, January 08, 2011

Sarah Palin e o atentado terrorista contra Gabrielle Gifford

Estava demorando a acontecer alguma coisa assim. A retórica da violência na política dos Estados Unidos costuma ser tratada como mera demonstração inofensiva de "ânimos um pouco mais acirrados" e suas estrelas são tratadas como palhaços, performers de entretenimento, gente meramente curiosa ou grotesca sem maiores consequências.
Eles choram, esperneiam e espumam de raiva na tela da televisão e no rádio, dizendo que o seu país está sendo transformado em uma mistura de Alemanha nazista e União Soviética Stalinista por uma minoria. Dão nomes aos seus bois e conclamam os bons americanos a lutar pelo seu país e livrar-se deles. Milhões de pessoas escutam e basta uma meia dúzia mais exaltada ainda para chegarmos às vias de fato.
Segue reportagem em que a deputada que foi baleada comentava sobre atos de vandalismo contra o seu escritório.

Visit msnbc.com for breaking news, world news, and news about the economy

No comments: