Friday, September 28, 2012

Admirável velho mundo novo


De camisa azul, o neo-liberalismo; de cabelo comprido o neo-positivismo; e de blusa azul escura, o neo-fundametalismo religioso. Obviamente os três estão com pressa e uma baita fome de cérebros. Não sei se a foto foi tirada em Bagdá ou em Nova Iorque. Talvez em São Paulo.



Os Anglicanos, claro, não têm Papa, aquele tal infalível. Eles têm Rowan Williams, o bispo Anglicano chefe. Ele anda tentando lidar diplomaticamente com grupos da sua igreja na Inglaterra que ameaçam ir embora para a Igreja Católica. A causa desse motim religioso é a ordenação de "bispas" na Igreja Anglicana Inglesa. Ratzinger, o infalível de Roma fez a gentileza de convidar publicamente os rebeldes para "voltar" ao manto de Roma, onde mulheres nunca vão além de freiras.

Numa entrevista Rowan Willians, que é também teólogo, fez a seguinte reflexão:

"One of the odd things about fundametalism in its American form, but not exclusively, is that it's paradoxically a very modern thing. A crude 19th century reaction to a crude 19th century scientism - a kind of mirror image of that positivist yes-or-no knowledge that you can pin down."

São os mortos-vivos do século XIX: o cientificismo revivido na fé cega no DNA como explicador de tudo e na química como cura potencial de todos os males, inclusive os sociais. O fundamentalismo religioso que pretende também oferecer respostas finais sobre todos os aspectos da vida. O aspecto regressivo é o elo entre o conservadorismo ultramontano e a ciência de corte positivista que atribui tudo ao código genético e inspira muitos ateus militantes. Ambos estão em alta nesse nosso novo século, formas religiosa e laica do mesmo fanatismo. Ambos vivem ainda amarrados como gêmeos siameses a um terceiro filhote do século XIX também ressuscitado no final do século passado: o liberalismo econômico, chamado de neo-liberalismo. E nem adianta fugir para as montanhas, por já dinamitaram quase todas procurando minério de ferro e carvão e as que sobraram estão ocupadas com retiros espirituais de renovação da fé.

No comments: