Monday, November 24, 2014

Recordar é viver: Chernoviz

Como não amar ler um livro chamado:

DICCIONARIO
DE
MEDICINA POPULAR
E DAS
SCIENCIAS ACCESSARIOS
PARA USO DAS FAMÍLIAS
CONTENDO A DESCR1PÇÃO
DAS
Causas, symptomas e tratamento das moléstias;
As receitas para cada moléstia;
As plantas medicinaes e as alimentícias;
As águas mineraes do Brazil, de Portugal e de outros paizes.

E muitos conhecimentos úteis.

Ilustração do livro em questão
 O livro é de autoria de um polonês e era mais conhecido pelo sobrenome do autor, Chernoviz.

Em artigo sobre o livro veja o que encontrei:  

O 'Chernoviz' foi lido e utilizado por pessoas de diferentes categorias sociais e profissionais, para as quais facilitou o entendimento da hermética ciência médica. Figuram aí os donos de boticas, os patriarcas e líderes políticos e religiosos que frequentemente cuidavam de pessoas doentes e necessitadas (dos quais o famoso padre Cícero é um exemplo), e as matriarcas da elite latifundiária do Império, que cuidavam das pessoas da casa, dos seus agregados e da escravaria. O 'Chernoviz' também serviu como subsídio científico aos autodidatas e às pessoas leigas que exerceram ofícios de cura, chamados pelos médicos acadêmicos de 'charlatães' ou 'curiosos'.


Um pedacinho de uma entrada [com a ortografia de 1890], estrategicamente situada entre ABACACHI e ABAIXA-LINGUA (esta última ilustrada):

"ABACATEIRA. Laurus persea, Arvore da familia das Laurineas. È originaria da Persia, mas habita espontaneamente no Brazil, e é cultivada, por causa do seu fructo, em todos os paizes intertropicais. [...] O fructo (abacate) é grande, pyriforme; contém uma polpa espessa, butyrosa, de sabor proximo ao da avelã; constitue um alimento sadio e agradavel que se come de sobremesa preparado com assucar, limão, canella, rhum, etc; algumas pessoas temperam o abacate com sal e pimenta, mas para isto o fructo não deve estar maduro. No centro da polpa existe um caroço, cujo succo, a principio lacteo, torna-se vermelho ao ar, e deixa na roupa nodoas indeleveis podendo, por isso, servir para marcar a roupa."   

2 comments:

Anonymous said...

Paula, eu sou a autora do texto sobre o Chernoviz e gostei muito de ler teu blog! estou entregando a versão definitiva do livro sobre Chernoviz para a Editora e gostaria de te presentear quando o livro for publicado!

Paulodaluzmoreira said...

Que legal você ter encontrado meu blogue, Maria Regina Cotrim Guimarães! Claro que adoraria ganhar seu livro! Já tem data de publicação? Se vc quiser podemos trocar endereços [no Brasil ou nos EUA] por email. O meu é paulodaluzmoreira01@gmail.com.
Abs,
Paulo