Friday, March 25, 2016

Fatos e sentimentos, história e futuro

"Eu muitas vezes achava que o simples fato, o fato mecânico, não está mais perto da verdade do que o sentimento, o rumor, a visão imprecisa. Porque repetir os fatos senão para encobrir nossos sentimentos? O desenvolvimento desses sentimentos, o transbordamento desses sentimentos para além dos fatos, é o que me fascina. Eu tento encontrá-los, recolhe-los, protegê-los.
Essas pessoas testemunharam o que para todos os outros ainda é desconhecido. Eu me senti como se estivesse documentando o futuro."

Fim do livro "Vozes de Chernobyl" de Svetlana Alexievich


No comments: