Wednesday, May 27, 2009

Meu Melhor Amigo


Esse é meu amigo americano: um carvalho negro que visito quase semanalmente no parque a dois quarteirões da minha casa. Não confunda meu amigo com esses carvalhos vermelhos que andam por aí; ele tem folhas grandes e dramáticas, com cinco pontas que são quase dedos, e um tronco revestido por uma casca grossa e bem rugosa. Acho que ele é do tamanho de uma casa de três andares e deve ter pelo menos uns cem anos, no mínimo. Nesta foto [pode clicar nela para ver uma versão um pouco maior] vocês estão vendo o carvalho negro na versão fim de primavera, bem verde e cheio de folhas no final da tarde que custa a chegar - agora só anoitece bem depois das sete. Mas eu visito meu amigo sempre, quando ele se cobre de folhas secas e nos vários meses em que ele fica completamente pelado - mas se você chega bem perto vê os brotos todos esperando pacientemente pela primavera; uma lição de paciência que eu custo a absorver...

5 comments:

Anonymous said...

Uma delicia receber seu blogue e ler estas pequenas perolazinhas! Eh claro q vou olhar p as arvores de outra maneira.

Paulodaluzmoreira said...

Eu tbm estou aprendendo a ver as árvores assim. Ajuda que meu amigo é um imponente masstodonte de mais de cem anos...

Tata Marques said...

Eu tb tinha vários amigos desse tipo em Manhumirim. Meus preferidos eram os dois Ipês Amarelos do pátio da escola, o pé de Maria-mijona que ficava ao lado da quadra de futebol e o Pau Moreno que estava de frente para a fachada de uma outra escola que não era a minha. Tive notícias, alguns anos atrás, de que cortaram esse último. O motivo que me deram era de que em dia de ventania ele balançava e quebrava uma santa de gesso que ainda está no topo da construção.

Paulodaluzmoreira said...

Entre a santa de gesso e o Pau Moreno eu ficaria com o segundo!

sabina anzuategui said...

pobre pau moreno!