Wednesday, April 23, 2014

Um quebra-cabeças para espantar leitores

"Nesse momento, a moça
embebida no olhar do marido,
começou a cantarolar à toa,
inconscientemente,
uma coisa nunca antes cantada nem sabida,
na qual coisa um certo lá
trazia após si uma linda frase musical,
justamente a que Mestre Romão procurara
durante anos sem achar nunca.

O mestre ouviu-a com tristeza,
abanou a cabeça,
e à noite expirou.
Fim de "Cantiga de esponsais" de Machado de Assis

Menard (acaso sin quererlo)
ha enriquecido mediante una técnica nueva
el arte detenido y rudimentario
de la lectura:
la técnica del anacronismo deliberado
y de las atribuciones erróneas.
De "Pierre Menard, autor del Quixote" de Jorge Luis Borges

Una vez adquirida la técnica necesaria,
quiso hacer materia de su sueño.
De "El trenzador" de Ricardo Güiraldes

Eu gostaria de poder dizer 
que a literatura é inútil,
mas não é,
num mundo em que pululam 
cada vez mais técnicos.
Para cada Central Nuclear  
é preciso uma porção de poetas e artistas,
do contrário estamos fudidos
antes mesmo da bomba explodir.
De "Intestino Grosso" de Rubem Fonseca

No comments: