Monday, March 14, 2011

Música: Yasmin Levy


O ladino é uma língua em vias de extinção. Era o iídiche dos judeus da península ibérica e a expulsão dos judeus no mesmo ano em que Colombo zarpava rumo às "Índias" espalhou a língua por outras partes do mediterrâneo. O ladino é um primo nosso, uma língua mais próxima de nós do que nossa visão simplista de Iracemas e Caramurus indica. Era provavelmente a língua de muita gente boa e ruim que chegou aqui no período colonial. Tal era a porcentagem de judeus entre os portugueses que na América espanhola os sobrenomes portugueses eram quase sinônimo de "sangue impuro". Yasmin Levy nasceu em Israel e faz aqui uma versão contemporânea de um hino tradicional em ladino.

Irme kero

Irme kero, madre, a yerushlayim [yerushlayim: Jerusalém]

komer de sus frutos, bever de sus aguas

Refrão: En el me arrimo yo [arrimar: apoyar]

i en el m'afalago yo [afalagar: consolar]

en el senyor de todo’l mundo [2X]

Y el Bet Amikdash lo vor d'enfrente
 [Bet Amikdash: Beit HaMikdash, O Templo]

A mi me parese la luna kresiente

Refrão

i lo estan fraguando kon piedras presiozas [fraguar: construir]

i lo estan lavorando kon piedras presiozas [lavorar: lavrar, trabalhar]

Refrão


7 comments:

sabina anzuategui said...

que lindo.
eu também adoro o galego, pelos mesmos motivos: parece antigo e tão proximo.
minha avó era galega, e um amigo me contou que no uruguai "galego" é uma ofensa, significa mão-de-vaca, mesquinho.

Paulodaluzmoreira said...

Outro dia peguei um livro em Galego na biblioteca pelo mesmo motivo. São línguas que, como o espanhol, são um pouco nossas e um pouco estrangeiras. Dá uma sensação de liberdade, como se vc pudesse se comunicar com estrangeiros usando sua própria língua e eles a deles sem problemas.
Sei que os galegos foram o maior grupo de imigrantes espanhóis. Na Argentina era um apelido comum para qualquer imigrante espanhol, como "Turco" era para qualquer árabe ou judeu sefaradí, "Tano" para italianos e "ruso" para qualquer imigrantes do leste europeu, de poloneses a judeus askenazi. A figura do pequeno comerciante "gallego" aparece, por exemplo, no personagem "Manolito" na Mafalda.

Paulodaluzmoreira said...
This comment has been removed by the author.
oi said...

Gostei de "afalagar". Adotei. =)

Paulodaluzmoreira said...

Tem um dicionário online de Ladino-Inglês e outro de Ladino-Espanhol. Dá vontade de ler o negócio inteiro.

Renata Cordeiro said...

Paulo, que coisa linda essa música! Só agora tive tempo de ouvir. =)

Paulodaluzmoreira said...

Tata, eu tbm fiquei deslumbrado!