Wednesday, May 13, 2015

Dois assuntos sumamente cansativos [e cheios de maiúsculas e pontos de exclamação] ou como perder tempo com nada

1.
- Rará, meu time ganhou! Roró, seu time perdeu.
- Ganhou roubado!
- Você é chorão!
- Time de favelado!
- Time de veado!
- Essa camisa feia eu não quero nem para limpar o chão.
- Essa camisa horrorosa eu não queria nem para limpar a bunda.
- Seu time é feio demais e fulano é um perna-de-pau.
- Seu time é nojento e sicrano é um perna-de-pau.
- É, mas nós ganhamos 13 Copas da Lagoa Funda.
- Copa da Lagoa Funda não vale nada. Nós ganhamos 17 campeonatos interestelares.
- Blá, blá, blá. [descamba ainda mais]

Esclarecimento: tenho, sim, um time de futebol pelo qual sofro e grito e me descabelo. Isso não significa que eu me disponha a perder tempo com esse bate-boca estúpido.

Batedores de Panela Diferenciados e Bolivarianos do Bradesco em cena de seu interminável "debate"
2.
- Rará, ganhamos a eleição! Roró, você perdeu a eleição.
- Ganharam porque o povo é burro.
- Você não sabe perder.
- Corrupto, vá prá Cuba. Só no Brasil mesmo que blá-blá-blá.
- Golpista, vá prá Miami. Nunca antes no país blá-blá-blá.
- Lula é não-sei-o-quê, ignorante e ladrão e Dilma é gorda e feia.
- FHC foi muito pior e é cara-de-pau além de ladrão e Aécio cheira cocaína e vive na praia.
- José Dirceu! Bolivariano! Nordestino burro! Morto de fome!
- Telhada! Fascista! Classe média burra! Playboyzinho!
- Blá, blá, blá.  [descamba ainda mais]

Esclarecimento: tenho, sim, uma opinião formada e bastante clara sobre aqueles que nos governaram nos anos 90 e aqueles que nos tem governado desde então. Acho o governo dos que nos governaram no século XXI muitíssimo superior, pelo menos até os momentos atuais de "ajuste", que me parecem extremamente parecidos com aquele ajuste interminável dos anos 90. Isso não significa que eu me disponha a perder tempo com esse bate-boca estúpido entre aqueles que eram pragmáticos em nome da governabilidade possível antes e agora são revoltados com a corrupção e aqueles que eram revoltados com a corrupção antes e agora são pragmáticos em nome da governabilidade.

E enquanto uns acusam de comunista um governo que tem sua economia governada por um executivo de banco e os outros xingam todo mundo que reclama do governo de serem donos de helicóptero e clientes VIP da Daslu:

1. A polícia continua matando gente pobre feito moscas e muitos dos que não morrem executados na rua são jogados em prisões que ser humano nenhum merece conhecer;
2. são quase 200 anos desde independência e continuamos a esculachar com os povos indígenas de forma absurda como se fossemos colonizadores do próprio país e, por tabela, esculhambamos com o meio-ambiente até que saia esgoto das torneiras [da periferia de São Paulo, por enquanto];
3. os professores da escola pública e privada são tratados como se fossem lixo [até reciclagem de professores já inventaram] e nem começamos a poder discutir um ensino que deveria ser crítico e libertador e não conformista e aprisionador, perpetuando o racismo, o sexismo e a homofobia perversos e descarados que negam a si mesmos para continuarem a existir impunemente;
4. apesar de profissionais da área cultural cada vez mais bem qualificados, continuamos oferecendo nada a uma maioria da população que só tem acesso a bens culturais pela televisão, sem bibliotecas públicas equipadas nos bairros onde as pessoas não tem dinheiro para comprar livros, deixando que 98% das nossas salas de cinema mostrem lixo, sem museus com políticas agressivas de abrir as portas a todos etc;
5. nossas cidades andam mal, apesar de termos um corpo imenso de profissionais muito bem formados na área, e dá desânimo ver um requentado de políticas da habitação dos anos 70 ser oferecido como solução inovadora;
6. e continuamos, ainda por cima, nos desindustrializando e voltando a ser uma nação exportadora de matéria-prima, governados de fato por uma coalizão BBBB [boi, bala, bíblia e banco] que promete nos levar de volta ao ano 1900 rapidinho. 

No comments: