Tuesday, May 05, 2015

Música feita nos Estados Unidos da América Latina: Miércoles

Duas observações para você ler enquanto escuta a canção abaixo:

1.     Uma vocalista Mexicana pop com uma discreta carreira como atriz coadjuvante em novelas, um guitarrista porto-riquenho virtuoso nascido nos Estados Unidos e um contra-baixista filho de mexicanos nascido nos Estados Unidos. Se existe uma coisa chamada América Latina, ela definitvamente não termina mais na fila da imigração nos Estados Unidos da América.

2.    Ximena Sariñana, Omar Rodríguez López e Aaron Cruz Bravo lançaram um único álbum [na minha opinião] muito bom: Ciencia de los inútiles, em 2010. Não tocou no Sabadão do Fostão nem na caçarola do Hulk, nem fez parte da trilha sonora da novela Mulheres de Plástico, nem nos seus equivalentes mexicanos, portoriquenhos ou estadounidenses.  Também não tocou nem na abertura nem dos créditos do Homem Abelha 5, de Melosos e Atrozes 4, de Hora do Espelho 3 ou no “grande” filme do Oscar de 2010 que ninguém mais sabe qual foi. Não teve resenha na Bolha, na Inveja nem no portal do Uau nem nos seus equivalentes mexicanos, portoriquenhos ou estadounidenses. Também não tocou nem vai tocar na rádio Guarani nem nas 23 rádios Alegrias que se espalham pelo dial da sua FM. Qualquer vídeo novo do Luano Satiagra ou daquela cantora gospel ou daquele cachorro que anda de skate tem 3.356.000 vezes mais acessos que esse. Mas a música está aí, foi composta, arranajada e gravada, existe e está acessível a quem quiser.


Miércoles
Trio Omar Rodríguez López

Roto el corazón
Silencio me viste, me viste
Nuestro sin pudor
Despierto existes, existes
Palabras al final
Deseo seguirte, seguirte

El adios entre dos

Calma la ilusión
No es cierto
Te quise, te quise
Desde la traición
Te veo salirte, salirte
No sientas corazón
Cabeza no realices
Despidete razón
El ego decide, decide

El adios entre dos

Roto el corazón
Silencio me viste, me viste
Nuestro sin pudor
Despierto existes, existes
No sientas ilusión
Cabeza no realices
Palabras al final
Deseo seguirte

El adios, entre dos

No comments: