Monday, May 27, 2013

A Cientologia e a IURD


No The Guardian o sujeito descreve a tal Cientologia nos seguintes termos, digamos, tenebrosos:

“Scientology is a neat reflection of the worst aspects of American culture with its repulsive veneration of celebrity; its weird attitudes towards women, sex, healthcare and contraception; its promise of equality among its followers but actual crushing inequality…. It is, in its own dark way, the inevitable religion to emerge from 20th-century America.”

Tenho minhas dúvidas sobre essas explicações muito “redondinhas” que fazem uma coisa reflexo assim tão óbvio da outra. Um religião é reflexo de uma parte da cultura de uma época e todas as culturas estão imantadas por desejos contraditórios que circulam num dado lugar e tempo. Cada época produz suas religiões com o material que o passado legou e o presente oferece, mas é uma criação coletiva, resultado de muitas subjetividades e vontades diferentes fermentando num contexto específico. Mas se esse raciocínio de que uma religião pode surgir como reflexo simples de uma cultura procede, o que dizer da IURD e congêneres brasileiras do que nos Estados Unidos se conhece como igrejas pregadoras do “Evangelho da prosperidade”?

Mais sobre Cientologia aqui.

No comments: