Sunday, May 12, 2013

Viva la mídia loca: sobre reportagens sobre a Dengue [parte 1]


PARTE 1

Foto do blogue Natural Unseen Hazard. Uma fêmea do Aedes aegypti se abastece de sangue




Quantas reportagens você já leu sobre dengue nos jornais brasileiros?

O que é que você aprendeu a respeito da dengue com elas?

Eu li várias e divido essas reportagens em dois tipos:

Tipo 1: Já são [número] de pessoas infectadas com o virus da dengue em [nome de estado ou cidade] este ano. Um aumento de [porcentagem]!

Tipo 2: [nome uma celebridade qualquer] está com dengue!

Com elas eu basicamente não aprendi nada. Tantos os números quanto os nomes das vítimas ilustres felizmente se dissolvem na minha memória, numa poça de dados inúteis e desprovidos de sentido. Se eu morasse no Brasil talvez servisse para jogar conversa fora com um motorista de táxi ou o meu açougueiro. Como moro fora, nem isso. Passo os olhos pela manchete e sigo em frente.

Eu só conheço uma reação nas mídias sociais a essas reportagens: gente vociferando contra o abismo da saúde pública no Brasil e contra a incompetência ou indiferença do governo [municipal, estadual ou federal, dependendo das inclinações políticas do comentarista]. Essas chegam sempre com um grande ódio ao Brasil, esse país único em que tudo é ruim e podre. 

Minto. Quando a notícia em questão refere-se a uma celebridade, também vejo comentários engraçadinhos, quase sempre fazendo trocadilhos sobre o estado "dengoso" da tal figura.   

No comments: